Governo admite corte no Minha Casa Minha Vida

Governo admite corte no Minha Casa Minha Vida

 

Após reunir-se com a presidente Dilma Rousseff, o ministro das Comunicações, Ricardo Berzoini, anunciou que o governo federal já admite cortar dinheiro de programas como o Minha Casa Minha Vida, de habitação.

É a primeira vez, em 13 anos de governos do PT, que o Executivo cogita fazer cortes em uma ação tratada como sua vitrine – a principal, Bolsa Família, segue sem cortes, segundo Berzoini, que prevê cortes só em programas com “investimento físico”, como obras, incluindo escolas e hospitais.

“O Bolsa Família, os programas de transferência de renda em geral, a Previdência e outros programas estão absolutamente preservados”, disse o ministro.

De acordo com ele, os cortes virão em “programas na área de investimentos físicos, que envolvem educação, saúde, habitação e que não podem ser feitos sem um alinhamento total com a programação orçamentária”.

A admissão de ontem é mais um recuo do governo de seu discurso diante da crise e contradiz o que a própria Dilma Rousseff afirmara há 20 dias. Ao inaugurar uma estação de bombeamento do rio São Francisco em Cabrobó (PE), a presidente dissera que, “como escolhemos onde apertar o cinto, não vamos apertar nos programas sociais como esse”.

Militares

O ministro da Defesa, Jaques Wagner, disse que devolverá aos

comandantes militares poder de decisão sobre transferências e reformas de oficiais, entre outras que geram custos e foram transferidas por Dilma ao ministério.

Fonte: Jornal Destack/ Campinas – 09.09.15

About The Author

Related posts

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *