Sanasa diz que elevou tarifa de água porque há menos consumo

Ao olhos de mitos é uma brincadeira, mas acreditem é verdade!

Sanasa diz que elevou tarifa de água porque há menos consumo…

Arquivo | TODODIA Imagem
Presidente da SANASA Arly de Lara Romêo.
O presidente da Sanasa (Sociedade de Abastecimento de Água e Saneamento) de Campinas, Arly de Lara Romêo, afirmou que o fato de a população estar usando menos água foi um dos motivos para o segundo aumento da tarifa neste ano. A declaração foi levada ao ar ontem pelo programa Bom Dia Brasil, da Rede Globo.
“Houve uma redução do consumo, e consequentemente resultou no faturamento da empresa. É a necessidade da empresa manter-se cumprindo com seus compromissos e seus investimentos”, disse o presidente no entrevista à TV.
Desde o início da crise hídrica, a Sanasa tem apelado ao consumidor para que economize água.
Em 2015 foram aplicados dois aumentos. O primeiro, em fevereiro, foi de 11,98%. Neste mês, a Ares-PCJ (Agência Reguladora dos Serviços de Saneamento das Bacias dos Rios Piracicaba, Capivari e Jundiaí), autorizou a Sanasa a aplicar um novo reajuste de 15%, que começou a valer em agosto.
Questionado sobre a afirmação à TV, Lara citou outros fatores para justificar os reajustes.
“Eu respondo pelo o que eu falei, não pelo o que falaram que eu falei. O que eu disse é que há um conjunto de coisas para isso (reajuste). Aumentou energia elétrica, aumentou a despesa com produtos de tratamento, e a empresa precisa cumprir com seus compromissos”, disse.
Para o economista e consultor financeiro Carlos Augusto Machado da Motta, a Sanasa optou pelo caminho mais fácil para regularizar as contas. Ele aponta outros meios que poderiam ser utilizados.
“Para adequar as metas da empresa, eles decidiram aumentar a tarifa. Ao invés disso, eles deveriam ter buscado formas de reduzir custos operacionais, e não fazer o consumidor pagar a mais por algo que ele está economizando”, afirmou.
Fonte: Jornal TODO DIA/ 22.07.15

About The Author

Related posts

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *